Cel Sergio fala na defasagem dos salários da Brigada Militar

30

Em visita à ASOFBM ( Associação dos Oficiais), Cel Sergio fala da importância de recuperar os salários da Brigada Militar.

O Comandante-Geral da Brigada Militar, Coronel Sérgio de Abreu, acompanhado pelo Chefe do Estado Maior da BM, Coronel Valmor Araújo de Mello estiveram presentes na sede da ASOFBM, nesta terça-feira (15/02) para conversarem com a diretoria da entidade sobre vários assuntos pertinentes e de interesse da oficialidade.
O presidente da ASOFBM, Ten. Coronel José Carlos Riccardi Guimarães, reafirmou a honra de receber os comandantes e destacou a lealdade aos oficiais enquanto estiverem à frente desta instituição. Salientou a importância do encontro que tiveram com o Governador Tarso Genro e da sua preocupação em relação aos problemas que permeiam a Segurança Pública. Porém, o Cel. Riccardi registrou, mais uma vez, sobre a necessidade e urgência de um aumento salarial digno aos serviços prestados pela competente Brigada Militar. “Estamos trabalhando para fortalecer cada vez mais a ASOFBM, criamos duas comissões que serão muito úteis as nossas demandas: A primeira com ênfase na Previdência, no qual, contamos com o apoio do Cel. Sérgio para indicar um oficial da ativa que possa dedicar-se e presidi – lá. Também montamos a Comissão Remuneratória, com a participação efetiva dos Capitães Marcio Luiz da Costa Limeira e Moacir Almeida Simões Júnior Simões. Além disso, pretendemos conversar com as Associações da BM, para articularmos espaços dentro do Governo e juntos potencializarmos estratégicas eficazes visando a consquista de resultados concretos”, informou o Presidente da Associação dos Oficiais. Conforme o Comandante-Geral, Cel. Sérgio de Abreu, o motivo deste encontro foi retribuir a gentileza da visita do Presidente e vice da ASOFBM no seu gabinete e estabelecer uma agenda conjunta com os membros da entidade. “Tenho acompanhado permanentemente todos os movimentos da associação, pois sou membro dela e tenho a convicção que a criação desta entidade preencheu um vácuo para evolução e o zelo pela valorização profissional. Com o passar dos anos sofremos uma enorme desvalorização salarial em relação às demais carreiras. O nosso salário despencou e não conseguimos manter um padrão salarial. Podemos citar a Defensoria Pública como exemplo de grandes conquistas salariais creditada pela organização coletiva. Os Auditores Fiscais também conseguiram através de negociações bem conduzidas, muitos benefícios e salários dignos. Quanto aos juízes e desembargadores conquistaram com maestria, status e remunerações de grande calibre. Na área da Segurança Pública, a Policia Civil, através dos Delegados obteve nesses últimos anos, destaques relevantes, esclareceu o Comandante-Geral.
O Cel. Sérgio questionou qual é a nossa capacidade em construir uma política que consiga deixar os oficiais no mesmo patamar dessas outras profissões? Segundo ele, precisamos criar uma estrutura horizontal. Todos estão com salários defasados, desde soldado até o oficial mais graduado. “Devemos construir uma proposta consistente. A questão salarial dentro da Brigada Militar ainda não está resolvida. Precisamos deixar clara a natureza dos oficiais e dos Tenentes. Vamos fazer uma correção e definir bem as competência das carreiras. Novo serviço e novo profissional”, afirmou o Chefe da BM.
Encerrando a sua fala perante os oficiais, o Cel. Sérgio informou que as transferências serão realizadas quinzenalmente, sempre nos dias e 1º e 15 de cada mês. E as promoções no dia 21 abril e dia 18 do mês de novembro, conforme está previsto na Lei de Promoções dos Oficiais.

Fonte: ASOFBM