PM anuncia que TVs poderão gravar operações contra crime

34

Em comunicado enviado ao programa Ooops!, o Centro de Comunicação Social da Polícia Militar de São Paulo informou que a corporação está apta a aceitar pedidos de acompanhamento de operações de todas as emissoras interessadas.

Para isso, segundo a PM, basta que as TVs façam um pedido formal à Secretaria da Segurança Pública. O comunicado ser deve ao fato de o programa “Polícia 24h”, da Band em co-produção com a argentina Cuatro Cabezas, ter instalado uma câmera no uniforme de um soldado da PM em operação de combate ao tráfico, de forma a obter imagens exclusivas.

O programa acompanha a rotina de policiais no trabalho contra as mais diversas formas de crimes. Os repórteres e cinegrafistas são obrigados a usar coletes à prova de bala e obedecer a outras normas de segurança.

Dois meses atrás a Band criticara a polícia do Rio por ter fornecido imagem exclusiva do matador de Realengo à Globo. Na ocasião, a Band acusou a polícia de favorecimento (à concorrente).

A Band informou, por meio de sua assessoria de Comunicação, que toda a produção do “Polícia 24h” é regular e conta com autorização do Estado. Segundo a PM, a decisão de permitir gravações “é uma nova forma de relacionamento” entre corporação e mídia.

Veja abaixo a íntegra das notas divulgadas pela PM e pela Band:

“Não há imagens exclusivas. Basta que as emissoras, como realizaram a TV Bandeirantes, Rede TV e TV Record, encaminhem os respectivos pedidos de acompanhamento do policiamento à SSP/SP para avaliação. A colocação da câmera não coloca em risco a ação do PM mesmo porque o equipamento não pesa 300g. A narração foi realizada explicando o proceder policial, ou seja, a procura de objetos ilícitos (drogas, armas, etc.) feita nas proximidades da efetiva abordagem do suspeito, que concomitantemente já estava sob custódia de outra guarnição. O suspeito foi preso em flagrante delito pelos crimes de Tráfico de Drogas (art. 33 da Lei F. 11343/08) e Resistência (art. 329 CP), o que será avaliado pela Justiça Comum”. (Sala De Imprensa da PMSP).

“Toda produção do P24 é feita pela Band/ Eyeworks Quatro Cabezas, com autorização do comando da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. O objetivo do programa, além de mostrar as atividades policiais em repressão ao crime, é de resgatar o respeito e a credibilidade da corporação junto a sociedade, passando para o cidadão comum que não estamos em uma situação de impunidade. Mostramos também o trabalho social que a policia exerce, dando orientação e apoio em vários casos, enquanto combate o crime.” (Band – Assessoria de Comunicação).

Ricardo Feltrin
Colunista do UOL