PM executado em Viamão

74

É com extremo pesar que a ASSTBM informa mais uma morte de um bravo Brigadiano na luta contra o crime. Lamentamos o ocorrido e oferecemos aos familiares  as mais sinceras condolências neste momento difícil, bem como nossos mais estimados préstimos.

Soldado Édipo Zambeli, descanse em Paz!

O soldado do 18º BPM Édipo Zambeli, de 23 anos, pode ter sido assassinado por engano. Ele foi morto com três tiros, que o atingiram no abdômen e no tórax, na noite de sábado,em Viamão. Conforme a Brigada Militar, o crime ocorreu por volta das 20h, quando Zambeli saía de um estabelecimento comercial, situado próximo à residência da vítima. O criminoso, que foi ferido por um policial que estava de folga e passava pelo local no momento do crime, não foi encontrado.

De acordo com o titular do Comando de Policiamento Metropolitana (CPM), coronel Silanus Mello, Zambeli pode ter sido confundido com um colega de farda, também soldado, lotado no Pelotão de Operações Especiais (POE) da unidade de Viamão e que morava em uma casa próxima à da vítima. Este policial recebeu ameaças de morte na semana passada. Ambos, salientou o coronel, são fisicamente parecidos, o que pode ter gerado o engano. “É uma das possibilidades que estamos investigando”, disse o oficial. “Mas não estão descartadas outras hipóteses de investigação, que agora esta a cargo da Polícia Civil.”O policial saía do estabelecimento quando foi alvejado, não tendo tempo de reagir.
 
Ele chegou a ser levado ao Hospital de Caridade de Viamão. Ainda na noite de sábado, colegas de Zambeli percorreram o caminho que o criminoso teria feito. De acordo com Silanus, o rastro de sangue deixado pelo atirador faz a volta na quadra e, perto à esquina, some. “Ele caminhou muito para ter um carro esperando por ele”, comentou o coronel. “Mas, como as marcas de sangue somem, é provável que ele tenha embarcado em algum veículo.” Zambeli era natural de Nova Esperança do Sul e pai de dois filhos. O seu corpo foi sepultado no início da noite de ontem. 

O policial Zambeli, que era filho único e pai de dois filhos, será velado e enterrado no município de Nova Esperança do Sul, terra da sua família.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo