RN- O impasse do subsídio chega ao fim

62

Na tarde desta terça-feira (1º), representantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar reuniram-se mais uma vez com o Governo do Estado para tratar da implantação do subsídio dos militares estaduais.

A reunião ocorrida na Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social durou apenas uma hora e logo chegou ao consenso por parte do Comando da PMRN e do CBM/RN, juntamente com representantes das associações e o Governo do Estado, representado pelo Chefe do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho.

A proposta do Governo estabelece os índices dos graus hierárquicos, onde o Soldado PM/BM receberá 20% do subsídio do Coronel PM/BM, ficando com R$ 2,2 mil e R$ 11 mil, respectivamente. A proposta também prevê a aplicação dos anuênios sobre o valor bruto do subsídio dos militares, ou seja, a cada 1 ano de efetivo serviço na Polícia Militar ou no Corpo de Bombeiros Militar, os militares estaduais receberão 1% sobre o valor bruto dos seus respectivos subsídios.

O subsídio será implementado a partir de julho de 2012 para os membros da PMRN e do CBM/RN.

Confira a tabela proposta pelo Governo do Estado

Tabela do subsídio para implantação em 2012

Associações apresentarão proposta à categoria

Apesar do aval do Comandante Geral da PMRN, Coronel Araújo, e do Comandante Geral do CBM/RN, Coronel Dantas, as associações de praças da PMRN e do CBM/RN solicitaram um tempo ao Governo para apresentar a proposta à categoria militar.

A assembléia geral ainda será marcada e divulgada para conhecimento dos militares estaduais.

Blog Sd Glaucia