Proposta de promoção para oficiais pode macular hierarquia da BM

52
O projeto que altera critérios de promoção na Brigada Militar foi criticado pelo líder da bancada do PMDB na Assembleia, deputado Márcio Biolchi. Conforme avaliação da bancada peemedebista, a proposta potencializa os critérios subjetivos para promoção do oficialato, permitindo ao gestor do Estado manipular a ordem de promoções. “Tal proposta é capaz de macular a hierarquia da Brigada quando os mais qualificados correm o risco de serem preteridos em relação a oficiais simpáticos ao governante”, avaliou Biolchi.
O deputado acredita que a proposta permitirá manipulação de notas subjetivas que, sob o ponto de vista político, pode ser comparado a uma sindicalização da BM. “A Lei vigente foi definida após muitas discussões e análises e está vigorando há oito anos. A intenção do governo, ao mandar modificações em regime de urgência, é temerária”. Biolchi e está propondo a realização de uma audiência pública da Frente Parlamentar em Defesa da Segurança Pública para debater a proposta que está causando “inconformidade e indignação” entre os oficiais da BM. O deputado Biolchi chegou a discutir o projeto junto ao líder de governo, Valdecir Oliveira (PT), esperando uma mudança de postura.
O coordenador da Frente Parlamentar da Segurança Pública, deputado Gilberto Capoani (PMDB), informou que a audiência pública deverá ocorrer na manhã do próximo dia 28, mesmo dia em que o projeto obrigatoriamente será votado em plenário.
© Agência de Notícias-AL