Correio do Povo- PMs rejeitam proposta do governo

49

A assembleia geral convocada pela Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar (ASSTBM) rejeitou, por unanimidade, a proposta de verticalidade escalonada no pagamento dos vencimentos da categoria que havia sido apresentada pelo governo. A deliberação ocorreu ontem, na sede da entidade, em Porto Alegre, com a presença de representantes das regionais.

O presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da BM, Aparício Santellano, disse que a contraproposta da categoria agora é única: 90% do vencimento do básico do servidor acima de cada patente em vez de percentuais escalonados.

Citou, como exemplo, que um major deveria receber 90% do vencimento de um tenente-coronel e que um capitão ganharia 90% deste mesmo major, e assim, decrescendo de modo sucessivo, passando ainda pelo tenente, chegaria até o soldado, que receberia 90% do vencimento do sargento que está acima dele. “Não vamos mais recuar de nossa parte”, disse o dirigente, lembrando que os oficiais de nível superior já recebem 90% do posto acima, como o tenente-coronel em relação ao coronel.

Correio do Povo