Rotina ameaçadora

72

Obrigo-me, vez por outra, a lembrar que fui repórter durante um tempo em que os policiais eram, praticamente, intocáveis pela bandidagem. A morte do PM Marcelo Fogaça, 38 anos, do 19 BPM, ocorrida ontem, é a confirmação do crescimento de uma rotina ameaçadora para toda a sociedade. Fogaça, quarta-feira última, enfrentou um bandido e foi baleado no abdômen. O criminoso restou ferido numa perna.

Fonte: Wanderley Soares

Jornal O Sul

Postado por Comunicação DEE ASSTBM