Brigada Militar em alerta-BM EM ALERTA A INVESTIDAS EM SC

79

A sequência de ataques criminosos que ocorrem em Santa Catarina se aproxima da divisa com o Rio Grande do Sul. Nos últimos dias, houve atentados em cidades como Chapecó e Criciúma que poderiam facilitar ataques a ônibus, postos de combustíveis e postos policiais também em municípios gaúchos. A Brigada Militar, contudo, não chega a se assustar com esta possibilidade. Conforme o subcomandante-geral da corporação, coronel Silanus Melo, a motivação para os atentados em Santa Catarina refere-se ao sistema prisional e da criminalidade. “Não acredito na hipótese de atacarem policiais gaúchos”, observou. Segundo o coronel, o Rio Grande do Sul tem problemas nas penitenciárias, mas a situação está sob controle, o que dificulta a realização de ocorrências de criminosos catarinenses contra a BM e de integrantes do sistema prisional gaúchos. O coronel adverte, porém, que a corporação está preparada para uma eventual onda de ataques no Estado. Segundo ele, há trocas de informações dos serviços de inteligência do RS e de SC.

Fonte: Jornal Correio do Povo

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

imageshjj