Governador Tarso Genro entrega 39 viaturas à Brigada Militar

Com o objetivo de ampliar as ações de segurança pública, o governador Tarso Genro entregou nesta quarta-feira (22), no Palácio Piratini, 39 viaturas à Brigada Militar. Municípios da Região Metropolitana, Serra e Planalto receberam a maioria dos veículos que serão utilizados no policiamento comunitário.

Vinte e cinco veículos foram destinados à BM de Canoas, Caxias do Sul, Esteio e Passo Fundo – além de Campo Bom, Cruz Alta e Sapucaia do Sul, que vão adotar esta modalidade de policiamento. O restante das viaturas (14) será empregado no policiamento ostensivo e no treinamento de policiais.

Com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública (Fesp) – liberados por meio da Participação Popular e Cidadã – e da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), o investimento totaliza R$ 1,5 milhão. Acompanhado de prefeitos e de policiais militares no Salão Alberto Pasqualini, do Palácio Piratini, o governador destacou a consolidação de programas como os Territórios de Paz em áreas que contabilizavam altos índices de criminalidade.

Tarso afirmou que a presença dos policiais militares nessas regiões aproxima a comunidade da polícia. “Com o policiamento comunitário, alocamos policiais fixos em uma determinada região. Eles estabelecem uma relação direta com a comunidade, recebem treinamento e aparelhamento especial para fazer o combate à criminalidade e ajudar nos programas sociais da região”.

O governador disse que o trabalho conjunto com as prefeituras permite reforçar as ações na segurança pública. “Este evento caracteriza plenamente o Pronasci, com a entrega de viaturas para o policiamento comunitário, a presença dos prefeitos, que são fundamentais num projeto de segurança pública decente, e a qualificação em geral da BM, que tem um papel chave na segurança pública do Estado”.

Preparação 
Secretário de Segurança Pública, Airton Michels explicou que os profissionais escolhidos para trabalhar com policiamento comunitário têm uma preparação diferenciada. Além de ampliar os núcleos de policiamento no Estado, Michels afirmou que o objetivo é integrar a polícia e o cidadão. “Esta harmonia entre o policiamento e a comunidade seguramente é um dos itens mais importantes para que se tenha bons resultados em segurança pública”.
Prefeito de Caxias do Sul, Alceu Barbosa lembrou que a cidade foi uma das primeiras a implantar o projeto-piloto no Estado. “A importância do policiamento comunitário está em fixar o policial militar no território em que ele vai se encarregar de dar proteção”. Contemplada com quatro viaturas, a BM local conta com dez núcleos. Os agentes de segurança que realizam o policiamento comunitário recebem uma ajuda de custo da prefeitura para custear o aluguel.

Instalado há 13 anos em Esteio, no bairro Três Marias, o comerciante Adécio Smaniotto afirmou que quase desistiu do negócio, mas a presença da Brigada Militar na região reduziu os índices de criminalidade. “Nos unimos com a BM e a prefeitura, e agora está cada vez melhor, diminuiu muito a criminalidade. Podemos trabalhar tranquilos, pois chegamos pela manhã, abrimos as portas e nos sentimos tranquilos. Não tínhamos isso antes”, afirmou.

Municípios contemplados com viaturas 
Recursos do Fesp – Participação Popular e Cidadã 
25 Ford Fiesta para policiamento comunitário – R$ 997,5 mil, sendo uma viatura para cada núcleo
Campo Bom – duas (em implantação) 
Canoas -11 
Caxias do Sul – quatro 
Cruz Alta – duas (em implantação) 
Passo Fundo – duas 
Sapucaia do Sul – duas (em implantação) 
Esteio – duas 
Igrejinha – uma caminhonete (policiamento ostensivo) R$ 102 mil

Recursos da Senasp – Ministério da Justiça 
6 Renault Logan para Escola de Formação de Soldados em Montenegro – R$ 190,7 mil 
7 Ford Fiesta para Academia de Polícia Militar em Porto Alegre – R$ 223,02 mil

Total: 39 viaturas – R$ 1,5 milhão

Texto: Felipe Samuel
Fotos: Sd Éverton Nunes/EMBM – PM 5
Edição: Redação Secom (51) 3210.4305

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

entrega de vtr

Deixe um comentário