BM instala imageador térmico que permite vigilância aérea noturna

61

Equipamento permite identificação de suspeitos a longa distância

A Brigada Militar ganhou um novo equipamento de vigilância para efetuar rondas de segurança e perseguição a suspeitos em fuga. O Batalhão de Aviação da corporação instalou em um helicóptero um Sensor Eletro-Ótico e Infravermelho (EO/IR na sigla em inglês), o imageador térmico entregue pelo Ministério da Justiça ao Rio Grande do Sul. O equipamento permite acompanhamento por imagem aérea e, ainda visão noturnas dos alvos em meio a obstáculos.

Conforme nota oficial da BM, o sistema permite identificação imediata a longa distância – com alcance superior a 50 quilômetros, em operações diurnas e noturnas e em imagens com alta definição. Também contém sistemas de mapas digitais, de gravação e de transmissão de vídeo em tempo real, integrados ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).

“É uma tecnologia única porque reúne três sistemas diferentes, enquanto que o equipamento utilizado no Rio de Janeiro, por exemplo, tem um sistema só”, salientou o Comandante do Batalhão de Aviação, tenente coronel Carlos Alberto Selistre.

O equipamento veio com objetivo de reforçar a segurança durante a Copa 2014, mas começará a ser utilizado em algumas semanas e será disponibilizado para Brigada Militar e Polícia Civil. O RS foi o primeiro estado, entre as sedes da Copa, a receber o equipamento. Atualmente, dois helicópteros, um de cada instituição, estão prontos para receber o equipamento, que é acoplado junto à aeronave e contém uma câmera infravermelho para visão noturna e uma câmera tipo CCD para luz visível. Os profissionais do Estado, como operadores e mecânicos já estão sendo treinados para utilizar o imageador térmico.

 Assista ao vídeo da simulação de funcionamento do aparelho:

 http://youtu.be/tCkEE3AOr90

 Fonte: Correio do Povo

Equipamento permite identificação de suspeitos a longa distância, num raio de 50 quilômetros  Crédito: Reprodução / CP
Equipamento permite identificação de suspeitos a longa distância, num raio de 50 quilômetros
Crédito: Reprodução / CP

Postado por Comunicação DEE ASSTBM