ANISTIA LIVRA 1.200 POLICIAIS DE PROCESSO

56
O maior processo da história do Judiciário piauiense e, quem sabe, do Brasil, vai parar no arquivo. O Congresso Nacional aprovou Projeto de Lei que concede Anistia Geral para todos os policiais Militares e Bombeiros que participaram da greve por melhores salários, realizada em todo o país no período compreendido entre 13 de janeiro de 2010 a 11 de outubro de 2011. A Anistia abrange policiais e Bombeiros de 18 Unidades da federação.

Estão perdoados os grevistas dos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, e Tocantins.

PIAUÍ, JULGAMENTO DEVE PARAR


No Piauí, 1.200 Militares e Bombeiros estão sendo julgados por indisciplina referente a greve. O julgamento acontece na 7ª Vara Criminal, cujo juiz, também responde pela Auditoria da Justiça Militar no Estado. Agora, com a Anistia o julgamento deve parar e o processo ser arquivado.

MAIS ANISTIA


Além dos policiais, o Senado aprovou também, a Anistia para os funcionários dos Correios que pediram o PDV até 2006. Antes, essa anistia era até 1997. O líder do PT, senador Wellington Dias bem que tentou, mas, não conseguiu impedir a votação. Segundo ele, o impacto do retorno dos 5,6 mil trabalhadores anistiados será de um R$ 1 bilhão nas contas públicas.