INSISTÊNCIA DO GOVERNO COM FIM DA PROMOÇÃO DE SOLDADOS E SARGENTOS NA RESERVA REMUNERADA PODE DETERMINAR FIM DAS NEGOCIAÇÕES

111

Na manhã de hoje (01) dirigentes da ASSTBM, ABAMF e ABERGS participaram do Programa Manhã Bandeirantes, na rádio Band 640 AM. Na ocasião reafirmaram a disposição da categoria de ir até as últimas conseqüências na busca da dignidade, bem como, refutaram veementemente a perca de qualquer direito, especialmente a retirada do direito da promoção na reserva proposta pelo comando da Brigada Militar e sugerida pelo Governo as Entidades na reunião realizada na semana passada. Caiel afirmou que é fácil para alguns que em aproximadamente 3 anos receberam duas promoções e chegam a Coronel e, a outros, que durante os últimos 15 anos estiveram sempre cedidos ou para órgãos do Executivo ou para o Poder Legislativo, bem como, em breve ainda podem ser juízes militares, proporem o fim das promoções na reserva que representa um aumento para o soldado de R$ 213,00 e para o 1º sargento de R$ 243,00 no vencimento básico, o que ainda os deixa com o pior salário do Brasil. Os representantes reafirmaram que, dependendo do encontro da próxima semana onde o Governo deverá apresentar uma nova proposta, poderá ser desencadeado um conjunto de manifestações por todo o Estado.   

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

Fotos: Dagoberto Valteman

O O

Alex Caiel (ASSTBM), Ubirajara Ramos (ABERGS) e JAiro Rosa (ABAMF), no Programa Manhã Bandeirantes apresentado por  Juliano Tonial
Alex Caiel (ASSTBM), Ubirajara Ramos (ABERGS) e JAiro Rosa (ABAMF), no Programa Manhã Bandeirantes apresentado por Juliano Tonial