PMs devem deixar guarda de prisões

53

Os policiais militares, que compõem a força-tarefa dos presídios têm data para deixar o meio penitenciário. Ontem, (15jan)    o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Fábio Fernandes, disse trabalhar para que, em cinco anos, 1.115 servidores, atualmente lotados em dois presídios, voltem ao policiamento nas ruas, gradativamente.

A previsão de Fernandes é que ainda no primeiro trimestre deste ano, o governo apresente uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para extinguir a força-tarefa dos presídios. De acordo com o coronel, a elaboração da PEC está sendo analisada na Secretaria de Segurança Pública. Depois deverá seguir para aprovação na Assembleia Legislativa.

A BM executa a guarda no Presídio Central e na Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ), em Charqueadas. Em 1995 foi criada a força- tarefa, que deveria ter um caráter provisório. Porém, até hoje os PMs continuam executando o papel de agentes penitenciários.

Fonte: Correio do Povo

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

PCPA