Secretário de Segurança diz que irá separar Brigada Militar e Bombeiros

28

Processo será gradual e terá duração de até cinco anos, diz Airton Michels.

Novo incêndio nesta semana expôs a falta de estrutura dos bombeiros.

 Uma discussão que se arrasta há 20 anos no Rio Grande do Sul deve ter um desfecho gradual. O governo do estado confirmou que, em até cinco anos, vai separar o Corpo de Bombeiros da Brigada Militar. A medida é apontada como saída para melhorar o combate a incêndios no estado. Nesta terça-feira (25), um incêndio na Zona Norte de Porto Alegre expôs novamente a falta de estrutura da corporação.

“Nós queremos esta separação, mas de forma paulatina, com avanços, com experiências para ver o que é o melhor. Nós vamos separar os Bombeiros da Brigada, mas separar de forma séria, responsável e sólida”, garantiu o secretário de Segurança do Rio Grande do Sul, Airton Michels.

 

Fonte: G1

Leia na íntegra

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2014/02/secretario-de-seguranca-diz-que-ira-separar-brigada-militar-e-bombeiros.html

veja o vídeo com a declaração do secretário:

http://youtu.be/hyGdIZSp9m8

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

separação bombeiros