PM é morto ao tentar evitar assalto a coletivo na zona Sul de Porto Alegre

110

C pm_morto_400rime ocorreu na avenida Juca Batista

Um soldado do Batalhão de Polícia de Guarda (BPG) da Brigada Militar, identificado como Márcio Ricardo Ribeiro, de 42 anos, morreu após troca de tiros dentro de um ônibus, no início da noite desta quinta-feira, na zona Sul de Porto Alegre. Conforme informações preliminares, três criminosos tentaram assaltar um coletivo da linha Itapuã, de Viamão. Durante a ação, que ocorreu perto do cruzamento da avenida Juca Batista com a Gedeon Leite, houve troca de tiros e o PM, identificado como Márcio Ricardo Ribeiro, de 42 anos, foi atingido no rosto.

Outros dois passageiros também foram baleados e encaminhados a atendimento em estado grave. Os criminosos, que fugiram do local, tinham tatuagens no rosto com um escorpião e uma lágrima, identificação da gangue Bala na Cara. O 21º Batalhão de Polícia Militar, que é o responsável pelo policiamento na região, mantém as buscas ao trio.

Conforme informações da TV Record e do Correio do Povo, Ribeiro entrou na BM há cerca de 20 anos. Ele deixa dois filhos.

Fonte:Correio do Povo / TV Record