ASSTBM BUSCA RETOMAR DISCUSSÃO SOBRE A ISENÇÃO DE TRANSPORTE PÚBLICO EM PORTO ALEGRE PARA POLICIAIS MILITARES A PAISANA

34

A ASSTBM, sempre atuante na defesa dos interesses dos policiais militares, buscou junto a Câmara de Vereadores de Porto Alegre o protocolo de projeto que isente os policiais militares do pagamento de passagem no transporte público do município quando em vestimentas civis. Projeto idêntico a este tramitou na Câmara em 2007, proposto pela então vereadora Maria Celeste (PT) quando foi derrotado por 17 votos contrários e 12 favoráveis, sendo, o então vice prefeito de Porto Alegre, Sebastião Mello (PMDB), um dos principais algozes do projeto junto com toda a bancada de seu partido.

Na Câmara Municipal a ASSTBM foi informada, por meio da Vereadora Fernanda Melchiona (PSOL) que a pedido de Sebstião Mello houve uma alteração no regimento interno da Casa que impede os vereadores de protocolarem projetos que isentem trabalhadores do pagamento de passagem. Assim, a ASSTBM protocolou junto a Prefeitura Municipal de Porto Alegre, pedido de audiência com o Prefeito José Fortunatti, para tratar do tema. Se o projeto tivesse sido aprovado em 2007, talvez nosso colega assassinado na semana passada, ainda estivesse entre nós.

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

Conheça o teor do documento protocolado na prefeitura

oficioprotocolado na prefeitura

01