Após agente do BOE sofrer traumatismo craniano, sargento denuncia assédio moral na Brigada

103

loadImageUm sargento do BOE (Batalhão de Operações Especiais) da BM (Brigada Militar), que não quis se identificar, denunciou, ao O Sul, assédio moral na corporação. Ontem, um soldado do BOE teria recebido ordens para trocar uma telha a 8 metros de altura, no batalhão, sem equipamento de proteção. A estrutura quebrou e o homem caiu. Ele está internado em estado grave na UTI do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre. A assessoria de imprensa do Comando-Geral da BM confirmou que o agente sofreu traumatismo craniano e realizava o serviço sem equipamento de proteção. A família da vítima está recebendo assistência da BM e foi aberto, conforme a assessoria, um  inquérito policial para apurar o ocorrido. Quanto à denúncia de que agentes sofrem assédio moral de superiores, recebendo, com frequência, ordens para realizar serviços que não lhes competem, sem equipamentos de proteção necessários, a assessoria declarou que “não tem informações” a respeito. (Melissa Resch)

FONTE: O SUL