Fazenda aponta rombo de R$ 5,4 bilhões nas contas do Estado

82
Secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes concedeu entrevista ao programa Gaúcha Atualidade Foto: Milena Haas / Rádio Gaúcha
Secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes concedeu entrevista ao programa Gaúcha Atualidade
Foto: Milena Haas / Rádio Gaúcha

Não está descartada a possiblidade de atrasar o pagamento do funcionalismo a partir de março

O secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes, afirmou na manhã desta sexta-feira, durante entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, que o déficit previsto para este ano é de R$ 5,4 bilhões. Segundo Feltes, o Rio Grande do Sul não tem mais fontes de financiamento e as despesas são superiores à capacidade de captar recursos. As informações são da Rádio Gaúcha.

O orçamento aprovado para 2015 prevê uma receita de R$ 47,9 bilhões, mas os técnicos da Fazenda estimam que o valor, no máximo, chegará a R$ 42 bilhões, apenas 1,3% mais do que em 2014. Uma nova previsão de receita para 2015 será publicada em fevereiro.

De acordo com o secretário, não está descartada a possiblidade de atrasar o pagamento do funcionalismo a partir de março.

— A dificuldade nos cofres públicos é de conhecimento de todos. Estamos enfrentando muitas dificuldades, entre elas, a falta de dinheiro para efetuar pagamento de diversos setores — salientou.

Feltes também disse que existe a possibilidade de aumento de impostos no ano que vem, já que não há mais fontes para arrecadar recursos para os cofres do Estado.

ZERO HORA