Entidades da Segurança Pública Entregam “Carta Aberta” aos Deputados

53

Na tarde de quarta-feira, 06 de maio, representantes da ASSTBM, ABAMF, FERPMBM, ABERGS, AOFSBM, Sindiperícias,  AMAPERGS, SINPOL-RS e UGEIRM entregaram aos deputados estaduais  uma Carta Aberta. A Carta reivindica apoio às demandas das categorias e melhorias do setor da segurança pública, haja vista que se faz necessário proteger a população de quaisquer medidas negativas que sejam tomadas pelo Governo Estadual.

Em tal documento, as entidades também reforçam a união das categorias e solicitam apoio dos parlamentares, também em defesa dos direitos e valorização dos servidores públicos.

As entidades continuarão na luta e reforçarão os contatos com os parlamentares, para garantir que a Segurança Pública não seja tratada com o descaso que temos visto nos últimos meses.

Leia na íntegra o conteúdo da Carta.

“CARTA ABERTA DAS ENTIDADES DE CLASSE DA SEGURANÇA PÚBLICA AOS DEPUTADOS DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RIO GRANDE DO SUL

As entidades de classe, representadas por seus presidentes signatários, logo abaixo assinados, considerando a grave situação de violência e insegurança pública que vive a sociedade gaúcha, agravada pelos reiterados anúncios que indicam o firme propósito do Governo de atentar contra direitos elementares e garantias constitucionais dos servidores da área da segurança pública de nosso Estado, fatos que têm gerado um ambiente de elevada instabilidade em uma área altamente sensível, se manifestam.

Frente a este estado de coisas, sobretudo considerando a postura do atual Governo que alimenta ou silencia diante de todas as notícias que dão conta de tais violações, as entidades reafirmam sua absoluta unidade em defender os direitos consolidados com a unanimidade do parlamento gaúcho, com a firme convicção de que os servidores da Segurança Pública não são responsáveis pela atual crise financeira do Estado. Deste modo, destacam que usarão de todos os meios possíveis a fim de garantir o respeito às leis, à preservação da vida, da liberdade e do patrimônio dos cidadãos gaúchos.

Nossa Assembleia Legislativa, protagonista em diversos momentos da história na defesa do nosso povo, mais uma vez é desafiada a não se omitir, motivo pelo qual reivindicamos que assuma o papel de liderança de um movimento democrático focado em atender as demandas sociais que clamam por Segurança Pública em todos os recantos do Rio Grande do Sul.

Convictos que INVESTIMENTO em Segurança Pública também integra desenvolvimento econômico e social, desde já conclamamos todos os Deputados para que, em defesa da sociedade que os elegeu, não permitam que prosperem eventuais projetos com tamanho grau de violência contra os servidores e a população, já tão penalizada com o crescimento da violência urbana e rural.

“Sem Segurança Pública não há democracia.”

Confira as Entidades que assinam o documento

nota conjunta

Postagem: Comunicação DEE ASSTBM

Fotos: Andressa Pazzini

3056 3058 3097