Governo do RS recua e anuncia pagamento integral de salários

57

piratiniVencimentos de maio serão pagos integralmente e em dia, diz Fazenda.
Em 15 de maio, Palácio Piratini havia anunciado fatiamento dos salários.

 O governo do estado desistiu de parcelar os salários dos servidores estaduais. Portanto, as remunerações referentes ao mês de maio serão quitadas de forma integral. A informação foi confirmada na noite desta sexta-feira (29) pela Secretaria da Fazenda. O Executivo deve divulgar nas próximas horas como será a folha de pagamento de maio.

Devido à crise financeira do estado, em 15 de maio o Palácio Piratini havia anunciado o parcelamento dos salários de 7,7% dos servidores estaduais na folha de pagamento referente a maio. Os outros 92,3% dos funcionários do Executivo receberiam o salário em dia.

Desta forma, somente os servidores públicos que recebem até R$ 5,1 mil teriam os vencimentos quitados nesta sexta (20), último dia útil do mês. Os demais trabalhadores receberiam a quantia de R$ 5,1 mil na data programada e a diferença somente no dia 11 de junho.

No entanto, desde então, entidades sindicais entraram com mandados de segurança para tentar evitar o parcelamento dos contracheques. A maioria obteve liminares junto ao Tribunal de Justiça do estado.

Na quinta (28), o Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu, um pedido da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) para manter o parcelamento dos salários. A decisão da Corte, no entanto, manteve a determinação judicial para que o estado pagasse integralmente e em dia a remuneração dos servidores.

Do G1 RS