Brigadiano que trabalhava sozinho em Dois Lajeados foi alvo de mais de 30 tiros

185

thumb (4)Surpreendido pelos criminosos que assaltavam caixa eletrõnico, Elizer Dornelles conseguiu sair ileso de ataque

“Nova data de nascimento”. Assim o soldado da Brigada Militar Elizer Dornelles descreve a fuga do ataque a balas que sofreu na madrugada deste sábado no município de Dois Lajeados. Dornelles, que estava sozinho no posto da Brigada Militar do município, foi alvo de mais de trinta tiros quando saía para uma ronda, por volta das 2h. Os tiros foram disparados por um grupo que assaltava caixas eletrônicos em um banco nas proximidades do posto policial.

Segundo Dornelles, quando começou a receber os tiros, se abaixou na viatura e deu a ré para se afastar dos criminosos. Sem ter ideia do rumo que o veículo tomava, acabou capotando com a viatura em um barranco, conseguindo escapar dos bandidos.

Os oito criminosos que participaram da ação estavam munidos de armas de grosso calibre e arrombaram, com o uso de explosivos, caixas eletrônicos e o cofre da agência do Banco do Brasil no Centro de Dois Lajeados. Os assaltantes fugiram em dois veículos pelo interior de São Valentim, via ERS-431, em direção a Muçum. Até o momento, ninguém foi preso.

Os moradores da cidade ouviram cinco explosões. O local já foi periciado e está isolado, porque há risco de desabamento. A mesma agência foi atacada com o uso de explosivos em 2010.

Ouça abaixo o relato do brigadiano:

Fonte:Gabriel Jacobsen/Rádio Guaíba