A ARTE ME MANTÉM VIVO

121

“A arte é o que me mantém vivo nesse conflito entre o que é certo e o errado nessa nação onde somente bandidos e corruptos se saem bem.”

Este é o desabafo de Milton Pilar, Sargento da Brigada Militar inativado por acidente de serviço e cadeirante desde 29 de dezembro de 1994. O militar em tela sofreu disparos de arma de fogo dos quais resultaram lesões em órgãos internos, pulmão, fígado, medula e úmero direito, deste resultando a diminuição de seu braço em 7 centímetros. Desde então a vida de Milton se resume em trabalhar, trabalhar e trabalhar. Mesmo com 20 anos de cadeirante, Milton é artista plástico e trabalha com madeira fazendo mesas, bancos entalhados, barcos em miniatura, faz ainda pinturas em tela, e fontes ornamentais. Atualmente passa por dificuldades financeiras e fala que se não fosse pela arte e também pelas manifestações feitas pelas associações e das quais participa na esperança de melhorias em sua qualidade de vida e também para rever velhos amigos e companheiros, talvez tivesse atentado contra a própria vida.

Esta é uma história de luta pela vida, onde um brigadiano que ficou paraplégico defendendo a sociedade se encontra hoje jogado a mercê da própria sorte.
Se vocẽ tem interesse em adquirir móveis ou outros trabalhos artesanais, entre em contato com Milton através de sua página no facebook, https://www.facebook.com/milton.pilar, ou através dos telefones 054 3526 -1023 ou 54 9189-9143.
Texto: Dagoberto Valteman
Fonte: Milton Pilar
Fotos: Milton Pilar

POLTRONA BANCO BARCO CAMA LAVABO Milton Pilar TELA