Semana começa com indefinição sobre o pagamento em dia do funcionalismo

44
Giovani Feltes é o Secretário da Fazenda. Expectativa é que governo anuncie decisão até quarta-feira Foto: Diego Vara  / Agencia RBS
Giovani Feltes é o Secretário da Fazenda. Expectativa é que governo anuncie decisão até quarta-feira
Foto: Diego Vara / Agencia RBS

Expectativa é que o governo anuncie sua decisão sobre o parcelamento ou não até, no máximo, a próxima quarta-feira

A semana será decisiva para o Palácio Piratini quanto a uma definição sobre o pagamento dos salários do funcionalismo. A expectativa é que o governo anuncie sua decisão sobre o parcelamento ou não até, no máximo, a próxima quarta-feira.

Técnicos da Fazenda calculam quanto será o montante de recursos disponível em caixa, enquanto aguardam a chegada de mais uma parcela de repasses federais e também uma pequena parte de recursos oriundos do ICMS de comunicações e energia elétrica.

O ICMS relativo à indústria entrou nos cofres públicos nos últimos dias 21, 22 e 23. Além disso, também será considerada a quantia que empresas públicas – como a EGR, por exemplo, – poderão deixar no caixa único do Estado.

Internamente, o governo trabalha com a possibilidade de parcelar os salários do funcionalismo, pagando apenas uma parte na próxima sexta-feira (31) e o restante somente em meados de agosto. Nos bastidores, integrantes do governo trabalhavam com a possibilidade de estabelecer um teto de até 2 mil reais para o pagamento na próxima sexta.

Para pagar esses cerca de R$ 2 mil reais por matrícula, o governo deverá, mais uma vez, adiar a quitação da parcela da dívida com a União. Também será preciso atrasar o pagamento de fornecedores.

RADIO GAÚCHA