Servidores estaduais só saberão quanto vão receber na sexta-feira, dia do pagamento

88
Governador José Ivo Sartori Foto: Karine Viana/Palácio Piratini  / Divulgação
Governador José Ivo Sartori
Foto: Karine Viana/Palácio Piratini / Divulgação

O Palácio Piratini só irá anunciar na sexta-feira (31) – data em que os salários serão depositados nas contas – quanto conseguirá pagar para os funcionários públicos do Estado. Haverá parcelamento. O valor de corte, ou seja, quanto cada funcionário vai receber será de aproximadamente R$ 2,1 mil. O restante só será pago em meados de agosto.

Esta será a primeira vez que o governo Sartori parcelará salários de servidores. Em maio, o governo do Estado chegou a anunciar o parcelamento dos vencimentos (com corte de R$ 5,1 mil), porém voltou atrás após decisões judiciais favoráveis ao funcionalismo. Houve atraso no pagamento da parcela da dívida com a União e também no pagamento de fornecedores.

Em junho, o Estado optou por pagar na íntegra todos as categorias no último dia do mês (e não em três dias, como de costume), utilizando recursos de empresas públicas do Caixa Único, além de valores do Ministério Público e da Assembleia.

Atualmente, a folha do funcionalismo do Executivo é de R$ 1,1 bilhão (somados funcionários ativos e inativos). Se considerados os demais Poderes, a conta chega a R$ 1,8 bilhão.

Questionada pela Rádio Gaúcha sobre o parcelamento, a Secretaria da Fazenda não se pronunciou sobre o assunto.

Rádio Gaúcha