Deputados Bombeiro Biachini e Frederico Antunes ofendem entidade de Brigadianos e servidores gaúchos

78

bianchiniDeputado Bombeiro Bianchini – único brigadiano no Parlamento –

defende o governo e afirma que ABAMF prega o terror

Ao discursar na sessão plenária de 19 de agosto, o deputado Bombeiro Bianchini disse que as entidades da BM são “fantasiosas” e que os projetos do governo Sartori  são bons. O parlamentar acabou confessando que não participou da manifestação da categoria, priorizando a agenda política, e só falou com os brigadianos no meio da tarde. Disse, ainda, que estão sendo jogados boatos – citando a ABAMF- para provocar terrorismo. Esqueceu da ameaça constante de atraso no pagamento dos salários, da falta de qualquer perspectiva das promoções, que deveriam ser publicadas em abril de 2015, da não nomeação de novos servidores já aprovados nos concursos, da tentativa de não pagamento de reajustes já aprovados pela Assembleia Legislativa. Isso sim, é terrorismo com os servidores.

Deputado Frederico Antunes(PP)
Deputado Frederico Antunes(PP)

Já o deputado Frederico Antunes, ao discursar, acusou os servidores públicos do RS de criarem desordem e insegurança na Assembleia Legislativa. Ainda assim, sentindo-se inseguros, os deputados da base do governo, na frente de centenas de servidores que tiveram o salário parcelado, aprovaram proposta para a contratação de pessoal, sem concurso público, na Metroplan. Ao invés de chamar os servidores de baderneiros, o deputado deveria ver as condições de trabalho nas diversas áreas do serviço público. Quem sabe receber o salário de algum servidor de nível médio, parcelado. Assim, saberá que não é baderna o que ocorreu no Legislativo Estadual, que deveria estar de portas abertas, mas estavam bloqueadas na chegada dos servidores, é apenas uma reação a injustiça.