Enio Bacci protocola na ALERGS PLC prejudicial aos servidores de nível médio da Brigada Militar

88

No momento em que todas as tratativas convergem para a adoção do nível superior para ingresso nas fileiras da Brigada Militar o deputado Enio Bacci equivocadamente protocolou na Assembleia legislativa do Estado do Rio Grande do Sul um Projeto de Lei Complementar instituindo carreira de nível médio e sepultando o anseio de 97% dos servidores para privilegiar 3% que aspiram carreira jurídica. A ASSTBM é totalmente contra projetos lançados intempestivamente sem o aval da categoria interessada e envidará todos os esforços para que tal proposta seja inviabilizada nas Comissões pertinentes e não vá ao plenário. Um projeto completamente esdrúxulo, sem a mínima inteligência, cheio de absurdos que chega a falar em diploma de nível médio reconhecido pelo MEC, tramita sob número 316/2015 na Assembléia Legislativa. Tal absurdo é da autoria do Deputado Ênio Bacci, que aparece como o inimigo número 1 dos servidores de nível médio.

DEE ASSTBMimagemnotas11