Descartada presença da Força Nacional em Novo Hamburgo

50

2015-10-05-GABINETE_reuniao_seg-10Policias de Gravataí e Canoas passaram a reforçar o efetivo da Brigada Militar da cidade

O secretário estadual de Segurança Pública, Wantuir Jacini, esteve reunido, nessa manhã, com o prefeito de Novo Hamburgo para discutir o pedido feito pelo Executivo municipal solicitando a presença da Força Nacional de Segurança na cidade. O prefeito Luis Lauermann encaminhou o pedido ao governo do Estado após o que classificou de “pior onda de violência em 21 anos”.  A Secretaria, no entanto, assumiu a mesma postura adotada anteriormente, e negou o pedido.

Conforme a assessoria de comunicação da pasta, um reforço de 31 homens vindos da Brigada Militar de Canoas e Gravataí está dando apoio ao contingente local. Um helicóptero da polícia também foi destacado para dar apoio ao policiamento no Vale do Sinos. A expectativa é de que essas medidas ajudem a conter os números da criminalidade em Novo Hamburgo.

Lauermann reforça que o aumento do efetivo arranjado pelo Estado não resolve os problemas da cidade. Normalmente, Novo Hamburgo soma 192 policiais, contra um ideal de 400. Com isso, mesmo com o reforço de 31 homens nas ruas, o total representa pouco mais de 50% do que a Prefeitura julga adequado. Lauermann ressalta que ainda espera uma mudança de posicionamento por parte da Secretaria de Segurança. Conforme o prefeito, o pedido é endossado pelos demais municípios do Vale do Sinos.

Fonte:Ananda Müller/Radio Guaíba