Governo reforça articulação

44

O projeto do governo de alteração no enquadramento das Requisições de Pequeno Valor (RPVs) volta à discussão no plenário da Assembleia na sessão de amanhã. Na última semana, um desentendimento entre aliados sobre a autoria de emenda com mudanças no texto original acabou adiando a votação. Depois de subestimar resistências à proposta em praticamente todas as bancadas da base, o governo reforçou a articulação política nos últimos dias e está confiante de que poderá construir entendimento, principalmente porque a mudança atingirá apenas os processos que ainda não foram julgados. Ainda não há certeza sobre a garantia dos votos necessários à aprovação do projeto, mas o Executivo não pretende retirar o regime de urgência da proposta, o que permitiria sua retirada da pauta imediata do plenário. Caso seja constatada falta de apoio para viabilizar o projeto, a estratégia do governo será a de retirar o quórum, adiando a análise para a próxima semana, já que na quarta-feira não haverá sessão plenária na Casa. Para que a votação ocorra, será preciso que no mínimo 28 parlamentares registrem presença em plenário.

Fonte Taline Oppptiz

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

137125_S