Cenário Político -Piratini marca reunião com sindicatos para falar sobre salários de outubro

65

O galpão crioulo do Palácio Piratini é o local escolhido para uma reunião, às 10h desta quinta-feira (29), onde o Estado irá explicar, mais uma vez, a situação das finanças. Representantes de todas as categorias foram convidados. A expectativa é que o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, e o chefe da Casa Civil, Marcio Biolchi, informem se os salários de outubro serão pagos em parcela única na sexta (30) ou se haverá parcelamento.

Representantes de sindicatos ainda não confirmaram presença. A vice-presidente do Cpers-Sindicato, Solange Tavares, disse que ainda analisa se a entidade irá participar do encontro.

“Queremos que o governo diga que vai retirar projetos que vão contra os trabalhadores e que vai pagar os salários em dia. Já sabemos qual é a situação financeira”, diz.

No mesmo sentido, o presidente da Federação Sindical dos Servidores Públicos do RS (Fessergs), Sergio Arnoud, afirma que a situação do Estado já é conhecida.

“Eu esperava que o governo chamasse para apresentar algum plano de recuperação. Falar sobre crise, sem apresentar solução que não prejudique a população, estamos cansados”, destaca.

Salários

O Piratini iria informar se pagaria os salários em parcela única ontem (27). No entanto, a decisão foi adiada para hoje (28) e remarcada para amanhã (29). De acordo com o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, o Estado está “contando as moedas” para fechar a conta.

A expectativa é de pagamento integral. No entanto, como há repasses atrasados para diversas áreas, os recursos podem ser divididos entre essas dívidas e a folha do funcionalismo. Se isso ocorrer, os salários mais altos podem ser parcelados.

Por Mateus Ferraz

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

PP