Sartori reúne chefe de poderes para tratar de 13º salário

46
Sartori convocou reunião com os poderes. Foto: Fabiano do Amaral/CP
Sartori convocou reunião com os poderes. Foto: Fabiano do Amaral/CP

O Legislativo gaúcho já anunciou que vai abrir mão do repasse de verbas de dezembro

O governador José Ivo Sartori convocou para o meio-dia desta sexta-feira (20) uma reunião com os chefes dos demais poderes e órgãos do Estado. O assunto da reunião-almoço será o 13º salário dos servidores dos demais poderes e órgãos de Estado. Alegando recursos insuficientes, o diálogo de hoje deve incluir a sugestão do governador para que os servidores dos demais poderes recebam seu 13º salário através de empréstimo, como ocorrerá com os trabalhadores do Executivo. Representantes do Judiciário, Legislativo, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado (TCE) participarão da agenda.

O Legislativo gaúcho já anunciou que vai abrir mão do repasse de verbas de dezembro, mantendo o dinheiro nos cofres do Estado, como forma de auxiliar as contas de final de ano do Executivo. Serão R$ 40 milhões da última parcela do ano do duodécimo que o Piratini vai poder utilizar, por exemplo, para o pagamento do 13º terceiro salário do funcionalismo. A garantia de não utilização dessa verba foi informada na semana passada pelo presidente da Assembleia, Edson Brum (PMDB).

Já o Judiciário, através do presidente do Tribunal de Justiça (TJ/RS), José Aquino Flôres de Camargo, sinalizou que pode abrir mão de parte dos investimentos deste final de ano para engordar as contas do Estado. Conforme Aquino, o objetivo da medida é garantir recursos para o repasse do 13º do próprio Judiciário, evitando que os servidores desse pode precisem recorrer a empréstimos.

Fonte:Gabriel Jacobsen/Rádio Guaíba