Agentes da Força Nacional irão reforçar Operação Avante no RS

601

20874947Primeiros 120 agentes devem chegar ao Estado neste domingo. Inicialmente, Piratini planejava empregá-los na guarda de presídios 

Por: Zero Hora

Depois de ter cogitado utilizar os agentes da Força Nacional de Segurança na guarda externa de presídios, o Palácio Piratini confirmou uma mudança de planos. Em reunião no fim da tarde desta sexta-feira, os comandos da Brigada Militar e do órgão federal concluíram que os reforços serão empregados na Operação Avante, iniciada em janeiro deste ano. Com isso, eles atuarão diretamente no policiamento ostensivo.

Em entrevista coletiva no fim da manhã, após conversar com o presidente interino Michel Temer, o governador José Ivo Sartori anunciou a decisão de usar os policiais nos presídios. A ideia, com isso, era liberar até 400 PMs para atuarem nas ruas.

Em outra coletiva, realizada no Palácio Piratini, o chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi, chegou a dizer que essa seria “a maneira mais inteligente de utilizar esse contingente externo, que é temporário”. Os motivos da alteração nos planos iniciais não foram detalhados.

Pelo menos 150 membros da Força Nacional devem chegar ao Estado nos próximos dias. Os primeiros deveriam deixar o Rio de Janeiro, onde cuidavam da segurança das Paralimpíadas, ainda nesta sexta-feira, a bordo de 30 viaturas.