Sartori anuncia convocação de 770 PMs e de 220 policiais civis

1544

20921745Governador fez o comunicado logo após confirmar Cézar Schirmer como novo secretário da Segurança Pública

Por: Zero Hora
Após o anúncio do novo secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cézar Schirmer, o governador José Ivo Sartori determinou a antecipação do chamamento de 770 policiais militares e 220 agentes da Polícia Civil.

Atualmente, o efetivo da BM é de apenas 19 mil servidores. Em julho, o governo anunciou a contratação escalonada de 2 mil, sendo que 530 devem estarem aptos para o trabalho em maio de 2017. O efetivo da Brigada Militar deveria contar com 37 mil PMs.

Já a Polícia Civil têm 5,4 mil servidores trabalhando. Porém, a necessidade estimada é de 11,7 mil.

Essa não foi a única medida que o governador anunciou para recompor o quadro de policiais no Rio Grande do Sul. Na quinta-feira, Sartori prometeu retomar a concessão do abono permanência — que consiste no pagamento de um acréscimo no salário para que os policiais militares, mesmo tendo cumprido tempo de serviço, não se aposentem.

Também se comprometeu a encaminhar projeto para a Assembleia Legislativa com a proposta de gratificação para que policiais militares aposentados retornem à atividade. Pelo projeto, o estímulo para que inativos voltem a trabalhar passará dos atuais R$ 1,1 mil para R$ 1,8 mil – inclusive para aqueles que já recebem o abono e trabalham para a Brigada. Com as duas medidas, a expectativa é de que, até o final do ano, o Estado consiga evitar a perda de 400 PMs e, paralelamente, amplie a tropa em mais 500 homens.

FFF