ZERO HORA: Servidores da segurança protestam no Salgado Filho contra o aumento da violência

236

21323183Com cartazes e distribuição de panfletos, grupo pede melhores condições de trabalho

Por: Jaqueline Sordi ZERO HORA

Assim como vem realizando há quase dois meses em diferentes pontos da cidade, o chamado Bloco da Segurança Pública — composto pelos sindicatos de servidores da Polícia Civil, Brigada Militar, Susepe, Bombeiros e Instituto Geral de Perícias (IGP) —, promove uma nova manifestação na manhã desta sexta-feira.

Desta vez, o local escolhido pelo grupo foi setor de desembarque do aeroporto Salgado Filho, onde permanecem desde as 10h. A circulação dos passageiros não está sendo afetada pelo protesto.

Com distribuição de panfletos, colagem de cartazes e discursos em autofalantes, o objetivo dos manifestantes é mobilizar a população contra o aumento da violência e a política do governo Sartori que está sendo adotada.

— Estamos denunciando a situação absurda de todo o Estado, fruto da política de cortes de investimento do governo — afirma Marcelo Souza, vice-presidente da UGEIRM/Sindicato.

Esta é a segunda vez que o Bloco da Segurança faz uma manifestação no aeroporto. A primeira foi realizada em junho, dias depois de uma funcionária do local ser assaltada e assassinada.

Os protestos, que ocorrem toda sexta-feira pela manhã, já foram realizados na Rodoviária e em frente ao Tribunal de Justiça.