Batalhão de Operações Especiais realiza curso de especialização de busca e captura em Santa Maria

201

brigada-militar-realiza-curso-de-busca-e-captura-1476716526z37Treinamento inédito será para aperfeiçoar perseguição a criminosos que fugam para as áreas rurais

Foi dada a largada, na manhã desta segunda-feira, para o Curso de Busca e Captura em Ambiente Rural, realizado pelo 2º Batalhão de Operações Especiais (2º BOE) da Brigada Militar de Santa Maria. O treinamento, que vai durar duas semanas, tem como objetivo aperfeiçoar técnicas de perseguição, busca e captura a criminosos que fogem para as áreas rurais do município. A aula inaugural foi realizada às 9h, na sede do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPmon), com palestra do coronel Worney Mendonça, comandante regional da BM.

– Vamos padronizar o nosso efetivo nesse primeiro curso, para oficiais, para o atendimento de ocorrências em que aconteçam algum assalto, explosão de bancos, e que eles (criminosos) acabem fugindo para a área rural – explica o comandante do 2º BOE, major Paulo Antônio Flores de Oliveira.

Os treinamentos, que reúnem 23 oficiais da Brigada Militar, não só de Santa Maria como de várias outras cidades, como Caxias do Sul, Pelotas, Porto Alegre, vai até a próxima sexta-feira. As aulas, na maioria, práticas, são realizadas no Centro de Estudos, Treinamento, Reprodução Animal e Preservação Ambiental (Cetrapa), em Itaara.

– Nesta primeira semana, já teremos várias matérias como utilização de cães, de cavalos, inteligência policial aplicada à área rural, instrução de tiro, socorro básico. Enfim, tudo que é necessário para esse tipo de ocorrência. E esse tipo de crime tem se tornado cada vez mais comum, saindo da cidade e indo para a área rural – detalha o major.

Diário de Santa Maria