Juízes e promotores do RS recebem aumento do auxílio-alimentação

232

17580688-3Reajuste foi autorizado pelo Conselho Nacional de Justiça

Por: Juliano Rodrigues ZERO HORA

Mesmo com a crise que afeta o Estado, Judiciário e Ministério Público concederam aumento de 10,6% no auxílio-alimentação pago a juízes, desembargadores, promotores e procuradores de Justiça. Agora, em vez de R$ 799, os membros das carreiras jurídicas receberão R$ 884. Os valores serão pagos de maneira retroativa até março deste ano, quando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) publicou portaria reajustando o benefício.

O impacto financeiro do reajuste ainda não é conhecido. O Tribunal de Justiça já havia concedido o aumento na metade do mês de outubro. O Ministério Público oficializou o reajuste nesta terça-feira, no Diário Oficial. Além disso, o documento ainda remarca para março de 2017 a prova do concurso para ingresso na carreira de promotor, cancelado após plágio em 10 questões.