sgtO homem acusado de assassinar o sargento Milton de Pádua Martins e o filho dele, Ismael Martins, em Alvorada, em abril de 2015, foi condenado a 44 anos de prisão pelo Tribunal do Júri.

A condenação de Lucas Rodrigues de Souza foi por duplo homicídio triplamente qualificado. De acordo com o promotor Marcelo Tubino Vieira, pesou contra o réu o fato dele pertencer a uma facção criminosa. Além disso, ele é réu em outros dois processos, também de homicídio.

Motivação

A investigação da Polícia Civil concluiu que a motivação do crime era uma desavença do acusado com Ismael. Os dois seriam desafetos desde a internação na Fundação de Assistência Sócio-Educativa (Fase).

Ismael inclusive evitava visitar a família para não colocar os pais em risco. No entanto, no dia do crime, foi visitar uma sobrinha que havia nascido. Os dois foram mortos dentro do carro do militar.

O sargento estava lotado no 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e tinha 30 anos de atuação no policiamento.

Deixe um comentário