Rádio Guaíba: Mais de mil PMs já se inscreveram para voltar à atividade no RS

21
IMAGEM ILUSTRATIVA

Gratificação especial aumentou para R$ 2,4 mil, o que deve incentivar os policiais da reserva a retornarem ao trabalho

O Corpo Voluntário de Militares Inativos da Brigada Militar já soma 1,1 mil inscritos para voltar à atividade no Rio Grande do Sul. Ontem, o governador José Ivo Sartori assinou a lei que permite o retorno de brigadianos à ativa. A medida é parte do Plano Estadual de Segurança Pública, que busca reforçar o policiamento.

Conforme o diretor do Departamento Administrativo da BM, coronel José Henrique Botelho, a expectativa é de que até 500 PMs voltem a trabalhar. Isso depende, no entanto, de autorização do Governo do RS, que determina quantos policiais vai chamar.

Hoje, por exemplo, há 50 PMs com documentos prontos para que isso ocorra. Os policiais, hoje na reserva, serão incorporados a atividades de videomonitoramento e patrulha escolar, e não ao policiamento ostensivo.

Para incentivar o retorno dos PMs, o governo aumentou a gratificação especial de R$ 1.181,51 para R$ 2,4 mil. Esse valor é recebido mensalmente, juntamente com o vencimento. Com o aumento da gratificação, Botelho espera ainda mais procura por parte dos policiais da reserva. Somente entre ontem e hoje, a BM já recebeu um grande número de ligações.

Para se inscrever, é necessário ter uma escala de comportamento disciplinar avaliada como bom, ótimo ou excepcional, além de preencher outros requisitos. Só podem voltar ao trabalho inativos que se aposentaram há menos de cinco anos. Eles podem manter as atividades até os 65 anos de idade.

 
 
Fonte: Bibiana Dihl | Rádio Guaíba