Em um dia tenso repleto de manifestações e inclusive de confronto dos servidores estaduais com a Brigada Militar na Praça da Matriz os deputados começaram a analisar as propostas do “Pacotão do Sartóri” na Assembleia Legislativa. Embora não tenham participado diretamente do confronto,  Aparício Santellano presidente estadual da ASSTBM e os diretores Dagoberto Valteman e Getúlio de Quadros sofreram as consequências daas bombas de efeito moral lançadas pela BM. Apesar do número reduzidíssimo de senhas, Santellano e Dagoberto conseguiram entrar em plenário tendo sido identificados e fotografados pela segurança interna. Embora parte do plenário estivesse composto de integrantes do MBL, empresários e CCs que faziam parte da “torcida do governo” o clima em plenário estava tranquilo não passando do bate boca

 

Deixe um comentário