ASSTBM participa de reunião sobre criação da data-base de reajuste dos servidores públicos

12

Preocupada com a atual situação de desmonte da segurança pública no Rio Grande do Sul e com a política do governo de atacar e criminalizar os servidores públicos colocando-os perante a opinião pública como causadores da situação financeira do Estado, notadamente os servidores da Brigada Miklitar, a ASSTBM juntamente com as demais entidades de servidores públicos participou, na manhã de terça-feira (01/08), de uma reunião com a deputada Juliana Brizola (PDT). O encontro teve como objetivo, debater a construção de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) criando a data base para negociação salarial dos servidores públicos gaúchos.

Os servidores públicos estaduais tanto civis quanto militares não possuem garantia de negociação salarial com o governo. A criação de uma data-base para os servidores, garantiria uma data específica para a negociação salarial com o governo além de trazer um regramento para essa negociação. A criação da data-base dos servidores públicos evitaria situações tais como governo em fim de mandato e nenhuma proposição ou indicativo de negociação salarial. Essa PEC obrigaria o governo a, pelo menos, discutir ou assumir que não vai conceder reajuste ao funcionalismo. A ASSTBM que neste ato  foi representada por Dagoberto Valteman seu Diretor de Comunicação, estará sempre alerta e atuante na luta pela manutenção e aquisição dos direitos de toda a categoria brigadiana. .