Hospital da BM completa 120 anos e moderniza seu atendimento

15

Foto Rafael Silva - EMBM-PM5Os 120 anos do Hospital da Brigada Militar de Porto Alegre (HBM/PA) foram comemorados nesta sexta-feira (22), e na próxima segunda-feira (25) será inaugurado um moderno centro clínico, que vai oferecer mais conforto e eficiência no atendimento, com 24 consultórios, um anfiteatro, um centro cirúrgico ambulatorial e serviço de ortopedia.

Para o comandante-geral da BM, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, é necessário ressaltar o esforço coletivo dos funcionários para o constante aprimoramento do atendimento. “Em 120 anos, o Hospital da Brigada Militar manteve-se firme apesar das dificuldades impostas. O hospital tem dado a sua contribuição ao Estado, através de um sistema de saúde construído com sangue, suor e muita dedicação dos servidores aqui empenhados. No entanto, nós queremos avançar”, destacou.

O diretor do HBM/PA, tenente-coronel Igor Wolwacz Junior, agradeceu o apoio e o incentivo do Comando da BM para a garantia de um atendimento de qualidade a toda a família brigadiana. “Hoje também é um dia de agradecimento. Agradecimento à Brigada Militar pelo que é, pelo que representa e por sempre estar presente. E podemos afirmar que nosso hospital pode ser definido como a soma de concreto, aço, ideais e seres humanos”, afirmou.

O hospital

O complexo Hospitalar da Brigada Militar de Porto Alegre dispõe de 91 leitos para várias especialidades, sete leitos para a Unidade de Terapia Intensiva e atendimento clínico no ambulatório e no pronto atendimento médico 24 horas.

Os serviços de diagnóstico são feitos por empresas terceirizadas. No ano 2000 foi criada a Farmácia Comunitária, que fornece medicamentos gratuitamente. A farmácia funciona em regime de voluntariado. Em 2016, o HBM passou a atender os segurados civis do IPE, guardada a prioridade aos policiais militares e a seus dependentes.

O bloco cirúrgico foi reestruturado e conta, atualmente, com equipamentos de última geração para cirurgias em várias especialidades, podendo realizar procedimentos de pequena, média ou alta complexidade. São quatro salas cirúrgicas completamente equipadas e sala de recuperação com cinco leitos.

A Unidade de Internação Psiquiátrica conta com leitos de internação para militares e seus dependentes e uma equipe multidisciplinar composta por psiquiatras, enfermeiros, técnicos de enfermagem, terapeuta ocupacional, psicólogos e assistentes sociais.

O hospital ainda mantém serviço de fisioterapia e reabilitação funcional, setor de serviço social e acidentados em serviço.

Prestigiaram a homenagem, o chefe do Estado-Maior da BM, coronel Júlio César Rocha Lopes; o comandante da Legião da Reserva Altiva, coronel RR Álvaro Raul  Cruz Ferreira; o capelão honorífico da BM, padre Alexandre Chaves; médicos, enfermeiros, técnicos e colaboradores, autoridades civis, militares e demais convidados.

Texto: Clelia Admar/Ascom BM
Edição: Denise Camargo/Secom