ZH: Governo atrasa pagamento de diárias a guarda-vidas da Operação Golfinho

17

Valores deveriam ter sido depositados até o fim do ano

Responsáveis pela segurança dos banhistas no Litoral e em outras regiões do Estado, os guarda-vidas da Operação Golfinho ainda não receberam as diárias relativas ao período efetivo de ação. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (3) pelo coordenador da Operação Verão, coronel Evaldo Rodrigues de Oliveira Junior.

 As diárias correspondem aos 16 dias de ação, de 16 a 31 de dezembro. Os valores deveriam ter sidos depositados até o fim do ano. A expectativa é que o pagamento ocorra até a próxima sexta-feira (6).

  – Vamos ter uma reunião hoje com a Secretaria de Segurança Pública e o pessoal da (Secretaria da) Fazenda para tratar sobre este assunto – destacou o coronel.

 Ainda conforme ele, o assunto vem sendo tratado desde o último dia 25, quando foi sinalizado pela Secretaria da Fazenda que os pagamentos atrasariam. Cada guarda-vidas da Operação Golfinho recebe o montante de R$ 123 por dia, cerca de R$ 1,9 mil mensais.

A Secretaria Estadual da Fazenda afirma que irá se manifestar ainda hoje sobre o assunto.