Governadores pressionam Temer para Colocar Militares na Reforma da Previdência

13

Para aprovar reforma, governo poderá rever mudanças também para militares. Em meio à negociação da PEC da Previdência, governadores liderador pelo governador Geraldo Alckmin do PSDB, querem discutir a aposentadoria dos homens das forças de segurança.O governo terá que mudar a estratégia para convencer os 100 deputados indecisos a votarem a favor da reforma da Previdência. Parte dos defensores da proposta incentiva o Palácio do Planalto a abraçar o discurso dos governadores e da parcela da população que ainda não vê a reforma como “igual para todos” e volte a discutir mudanças também nas regras de aposentadoria e pensão de militares e das Forças Armadas, categorias que não foram tocadas no texto. Os governadores devem se encontrar com o presidente Michel Temer ainda em janeiro e pretendem retomar essa discussão, com a promessa de que entrarão na briga pelos votos que ainda faltam caso sejam ouvidos. Confirma aqui matéria completa

NOTA DEPUTADO CAP AUGUSTO

Tenho visitado todos os Batalhões do Estado para levar informações de projetos como esse que estão na Câmara, até o final do recesso não havia essa vontade do governo em incluir os policiais militares, eu conversei pessoalmente com o deputado federal Arthur Maia, relator da Reforma da Previdência, e ele disse que os militares não seriam incluídos nessa nova reforma que deverá ser apresentada no dia 19 de fevereiro.

É bem provável que os Governadores, em especial Alckim, esteja pressionando para que o governo inclua os policiais militares já na reforma desse ano.

Mas volto a afirmar, NÃO DEIXAREMOS INCLUIREM OS MILITARES NA REFORMA DA PREVIDÊNCIA DESSE ANO, o governo não tem a menor possibilidade de incluir os militares com a “bancada da bala” contrária.

Entretanto, reafirmo o que venho dizendo nos últimos meses, COM CERTEZA TENTARÃO FAZER A REFORMA DOS MILITARES EM 2019 COM A NOVA CÂMARA . Daí ser fundamental ELEGERMOS  REPRESENTANTES este ano para que não sejamos prejudicados ano que vem.

Maiores informações estarei passando em minhas visitas aos Batalhões, estarei a disposição para indagações dos policiais da ativa, veteranos e pensionistas.

CAPITÃO AUGUSTO
DEPUTADO FEDERAL