Granada explode e fere policial militar em Capão da Canoa

76

Soldado da BM foi transferido de helicóptero para hospital em Porto Alegre

Um soldado do Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar de Capão da Canoa sofreu graves ferimentos devido à explosão de uma granada na tarde desta quinta-feira (25). O artefato explodiu em uma das mãos do PM dentro da sala onde são guardados os equipamentos do POE na sede do 2º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (Bpat).

O acidente ocorreu por volta das 16h30 e o policial de 28 anos, que não teve o nome divulgado, foi atendimento imediatamente no Hospital Santa Luzia. Aproximadamente uma hora e meia depois ele foi transferido de helicóptero pata o Hospital da Brigada Militar em Porto Alegre.

De acordo com o comando do 2º Bpat, o soldado não corre risco de vida apesar da gravidade do ferimento na mão. No Hospital da Corporação ele está sendo acompanhado por uma junta médica.

O subcomandante do Batalhão, major Tiago Almeida, informou ao Litoral na Rede que está sendo dada toda a assistência ao PM e à sua família. De acordo com o oficial esta é a prioridade no momento, mas o fato será investigado. “Nós tratamos esta situação como um acidente. As causas e circunstâncias serão apuradas internamente”, concluiu o major.

LITORAL NA REDE