A infeliz charge de Zero Hora e o exemplo de mídia idiotizada

4812

No aniversário da Brigada Militar, uma instituição composta de homens e mulheres de todas as etnias, com significativo efetivo representante da raça negra, o Jornal ZERO HORA publica uma charge de mau gosto e péssima qualidade,  de autoria do bloguista  Alexandre Beck (ver perfil), tentando transparecer a ideia de que a Brigada Militar é uma instituição racista.

Charge no Caderno Findi página 11

Diferentemente do jornal,  que ao publicar esta charge demostra ter lado e cores definidas, a Brigada Militar é uma instituição que CUIDA DAS PESSOAS, independente de gênero, cor, raça, credo, orientação sexual ou posição social. Continuaremos a realizar nosso trabalho como temos feito a 181 anos. A opinião deste insignificante “Chargista” em nada impactará nossa nobre missão.

Deixamos nosso repúdio ao Jornal ZH por publicar esta ofensa, um veículo de comunicação sério que deve exercer sua atividade com responsabilidade, pois age na formação de opinião. Quanto ao jornalista, não passa de mais um desses “tolos” que a internet deu voz, que outrora não seria nem percebido.

Brigadianos!!! Seguimos na missão!!!

A paz e tranquilidade do povo gaúcho depende do nosso trabalho.

A ASSTBM estuda entrar com ação por dano moral contra o Jornal.