Escola de Educação Infantil Tio Chico comemora 40 anos

83

A Escola de Educação Infantil Tio Chico (EEITC), da Brigada Militar, comemora nesta terça-feira (12) 40 anos de existência. A solenidade ocorreu nas dependências da escola, no bairro Partenon, em Porto Alegre, e contou com a presença do chefe do Estado-Maior da corporação, coronel Marcus Vinicius Sousa Dutra. A centenária banda da Brigada Militar participou do evento.

A “Tio Chico” foi inaugurada em 12 de março de 1979 sob a denominação de Casa da Criança, atendendo, inicialmente, 80 crianças de quatro meses aos sete anos de idade. Em 1986, passou a desenvolver educação pré-escolar priorizando em suas atividades os aspectos assistenciais e pedagógicos. Junto com essa mudança houve a alteração do nome para Escola de Maternal e Jardim de Infância Tio Chico. Em 1997, pela Lei de Organização Básica da Brigada Militar, o nome da escola foi novamente alterado, passando a denominar-se Escola de Educação Infantil Tio Chico, designação que permanece até hoje.

De acordo com o diretor da “Tio Chico”, 1º sargento Evandro de Almeida Machado, o projeto de criação da escola iniciou a partir de um estudo socioeconômico, desenvolvido em 1976, pelo Serviço de Assistência Social da BM. “A finalidade era atender às necessidades básicas e diárias dos filhos de soldados e sargentos. Atualmente, 90 crianças, com idade entre dois e seis anos, são atendidas pela escola”, contou o diretor.

Segundo a supervisora da “Tio Chico”, major Marcia Mariza de Ávila, em 2004 a escola passou a integrar o Departamento de Saúde, como um subseção do Serviço de Assistência Social da BM.

Prestigiaram a comemoração o presidente do Tribunal de Justiça Militar (TJM), juiz militar coronel Paulo Roberto Mendes Rodrigues; o diretor do Departamento de Saúde (DS) da BM, coronel Igor Wolwacz Junior; o comandante da Academia de Polícia Militar (APM), tenente-coronel Márcio José Rosa da Luz; autoridades civis e militares, familiares das crianças e demais convidados.Texto: Clelia Admar/Gabinete do Comandante-Geral

Edição: André Malinoski/Secom