Brigada Militar de Luto

8878

Fabiano Heck Lunkes, 34 anos, era soldado da Brigada Militar e foi atingido por disparo de fuzil


Fabiano Heck Lunkes

NOTA ASSTBM: Para a imprensa e Governos, que fazem a narrativa de que os policiais militares têm “privilégios” com sua carreira e previdência, perguntamos? Querem trocar suas carreiras por esse dito privilégio, sabendo dos riscos e consequências. POLICIAIS MILITARES, não tem privilégios, tem COMPENSAÇÃO pelo risco que correm, o qual os demais não se submetem.

Fabiano Heck Lunkes, 34 anos, era soldado da Brigada Militar e foi atingido por disparo de fuzil em confronto com quadrilha que atacou banco em Porto Xavier, enquanto participava do cerco a um matagal no interior de Campina das Missões, município vizinho.

Segundo o 4º Batalhão de Polícia de Área de Fronteira (BPAF) da BM, localizado em Santa Rosa, policiais de várias guarnições da região haviam sido mobilizados para fazer buscas aos criminosos. Em Campina das Missões, os PMs interceptaram o veículo em que estavam os bandidos, um Renault Sandero. Os assaltantes conseguiram fugir para um matagal, onde permaneceram durante toda a noite e parte da madrugada. Por volta de 3h30min, o grupo teria tentado sair da mata e encontrou o cerco policial.

O Policial deixa esposa e um filho de 4 anos