Nota de pesar e solidariedade a família do Policial Civil EDLER GOMES

133
Lauro Alves / Agencia RBS

Recebemos com pesar a notícia da morte policial civil do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc)  Edler Gomes dos Santos, 54 anos. Morreu cumprindo seu dever,  ao ser baleado por um criminoso durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma propriedade na área rural de Montenegro, no Vale do Caí, na manhã desta terça-feira (16).

A família da Segurança Pública recebe com perplexidade a notícia de mais uma morte de policial, colega que ombreia a difícil missão de garantir segurança pública aos gaúchos. Esperamos que mais essa morte não seja em vão, que sirva para alertar nossos governantes da difícil profissão que exercemos, e que juízes permissivos repensem sua posição de soltar criminosos, como o ocorrida na semana passada, onde a Juíza Lourdes helena da Comarca de Porto Alegre, soltou seis traficantes presos com mais de quatro toneladas de drogas.

Policial Civil EDLER GOMES

Nossas forças de segurança estão cumprindo seu papel, porém, segurança pública não é feita só por policiais, precisamos de comprometimento de todos os envolvidos.