Policiais e Bombeiros Militares entram em greve em todo o Amazonas e esperam parar 100% nesta quinta-feira (08)

639

Na noite desta quarta-feira (07), lideranças das praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Estado do Amazonas anunciaram que as categorias iniciaram paralisação em todo o Amazonas. Os servidores cobram melhores condições de trabalho e protestam contra o congelamento de salários dos servidores anunciado pelo Governo do Estado.

O presidente Associação dos Praças da Polícia Militar (Apeam), Gerson Feitosa, por meio de áudio compartilhado em redes sociais, faz a convocação e pede que todos cruzem os braços. De acordo com ele, a meta é parar 100%. Ele afirma que 90% da tropa já parou, com adesão de 48 municípios do interior.

Ouça

Na manhã desta quarta-feira (07), parte da tropa faltou ao expediente e as viaturas ficaram paradas nos batalhões da PM em Manaus.

Algumas imagens que circulam nas redes sociais mostram batalhões com as viaturas paradas. A categoria diz que apenas 30% dos militares estão trabalhando. Já a PM nega que haja comprometimento da segurança pública no Estado

O comandante da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Ayrton Ferreira do Norte, informou que o policiamento na capital e no interior do estado está mantido e que faltas registradas na montagem do policiamento no primeiro turno não comprometeram o trabalho da corporação, que remanejou efetivo operacional, como regularmente ocorre quando há ausência de algum servidor.

Sobre o movimento desta noite, o Governo ainda não se pronunciou.

Portal Amazonas Notícias