Brigadianas, Brigadianos e Bombeiros Militares de Livramento reforçaram ato histórico

464

A longa e cansativa viagem não foi obstáculo para que Brigadianas, Brigadianos e Bombeiros Militares de Sant´Ana do Livramento, juntamente com Diretores das Regionais da ASSTBM e ABAMFº, participassem, no dia 5 de Dezembro em Porto Alegre, de uma das maiores e significativas manifestações já registradas na história das lutas classistas da Brigada Militar, desta vez, em repudio a pretensão do Governador Eduardo Leite de retirar direitos já adquiridos dos servidores da área de Segurança Publica, ato que aconteceu em Porto Alegre reunindo aproximadamente 15 mil Brigadianos e Bombeiros Militares ativos, inativos e pensionistas.

A fronteira na Praça Brigadeiro Sampaio

As 13 horas, ombreando o objetivo de fazer com que o governo do Estado repense e retire de tramitação na Assembleia Legislativa o pacote de projetos que redundará em prejuízos, não só para a categoria, mas para toda a sociedade Gaúcha, que sentirá de forma severa sua segurança fragilizada em consequências deste ato, a representação Santanense, integrando a grande massa de servidores da Brigada Militar e Bombeiros Militares, saíram em caminhada da Praça Brigadeiro Sampaio pelas ruas centrais de Porto Alegre, para, em frente ao Palácio Piratini, deixar seu repudio as nefastas pretensões do governador do Rio Grande do Sul com aval de Deputados que fazem parte de sua base de apoio.

Assembleia e deliberações

Com participação de todas as lideranças que compõe o Fórum Permanente das Entidades de Classe dos Militares Estaduais e apoio unanime de 15 mil servidores, Brigadianos e Bombeiros Militares presentes, sob olhares do Palácio Piratini e Assembleia Legislativa, foi realizada assembleia geral, ficando estabelecido, como forma de sensibilizar o governo, que no dia 16 de Dezembro será deflagrada operação padrão, os Policiais Militares só deverão atuar em ocorrências com os equipamentos de proteção, armamento e viaturas em condições. No dia 17 deverá ser deflagrada a operação fecha quartel, com objetivo de impedir a saída de viaturas da Brigada Militar e Bombeiros Militares.

Reiterando solicitação

O ato terminou as 18:00h numa reunião envolvendo as lideranças classista com o Presidente da Assembleia Legislativa ao qual foi reiterada a solicitação de retirada do pacote de projetos da pauta de votações. A Assembleia Geral Permanente dos Militares Estaduais continua em alerta e participativa com apoio de todas as Regionais da ASSTBM e entidades representativas da área da segurança.

A força emana da classe

A diretoria da Regional Livramento salienta que a participação de todos os servidores é fundamental neste momento, que as Entidades representativas são instrumentos que se fortalecem com a força que emana da classe, como ficou demonstrado nesta grandiosa e ordeira manifestação em Porto Alegre.

Depto de Comunicação ASSTBM / Livramento