Fórum permanente das entidades de classe mantém negociação com deputados e governo na busca de ajuste nos projetos afetos à categoria

2672

Nesta quarta-feira, o Fórum das Entidades de Classe dos servidores militares ( ABAMF, ASSTBM, ABERGS, AOFERGS e AESPPOM) manteve um dia de muito trabalho na busca de ajustes nas propostas, visando dar igualdade de tratamento a todos os servidores.

Foi realizado reunião com os Comandantes das duas corporações, Cel Mohr Cmt Geral da Brigada Militar e Cel Bonfanti, Cmt Geral do Corpo de Bombeiros, com a finalidade de cobrar empenho a participação dos mesmos na defesa de ajustes nas propostas de seus comandados, principalmente os de nível médio destas Corporações.

Na Assembleia Legislativa, manteve-se mais um dia de articulações com as bancadas de partidos e principalmente com o líder do Governo, Dep Frederico Antunes, na busca dos ajustes necessários e isonômicos nas propostas dos servidores militares. Ressaltamos que foi um dia produtivo, com o comprometimento destes parlamentares, de amanhã buscar junto ao governo uma solução para as demandas prioritárias neste momento, as quais citamos abaixo:

1 – Tratamento isonômico com as categorias civis na questão da parcela autônoma, que esta não seja incorporada com os aumentos(irredutibilidade) e que tenha os mesmos percentuais de reajustes aplicados ao soldo principal;

2 – Incremento de 3% a matriz do subsídio, dos Soldados aos 2º Tenentes, mantendo assim os índices da verticalidade aplicado aos demais postos;

3 – Ajustes nas classes de soldado, reduzindo para apenas duas classes e com a perspectiva de inclusão de novas graduações.

O trabalho das entidades que ainda compõem o Fórum de entidades, é baseado na transparência de seus atos e na busca do que é justo para TODOS os integrantes das corporações, nosso trabalho está alicerceado na articulação política e na mitigação de danos. Trabalhamos  de forma coerente e responsável, sabemos o limite de uma negociação, porém não desistimos dela, enquanto houver possibilidade de avanço, nossa luta é pelo JUSTO para TODOS os integrantes da carreira militar,  só iremos sessar quando tivermos nossas demandas atendidas, ou numa equação razoável e justa para todos.

Não fazemos política, mas entendemos do jogo político e dentro da expertise de anos a frente de nossas representações, buscaremos sempre o que for melhor para todos

Permanecemos na luta, confiem!!!